terça-feira, 23 de setembro de 2008

A guerra das teles

Essa guerra travada entre as empresas de telecomunicações sempre foi muito forte em todos os lugares do mundo. Mas no Brasil a coisa ficou mais pesada e pública depois que a Oi apoiou todo o processo de desbloqueio dos celulares e criou a simpática campanha "Bloqueio Não". Isso foi em maio de 2007. De lá pra cá muita coisa aconteceu e uma delas foi a presença da Oi como marca referência entre os jovens e defensora dos direitos dos clientes, mesmo que um dos prováveis motivos para esse apoio ter sido o fato da operadora nunca ter subsidiado aparelhos, tendo provavelmente a tabela mais cara do mercado.



Agora a briga volta a esquenter, pois o tema da portabilidade foi discutido na Anatel e todas as operadoras fizeram lobbie para que o prazo fosse adiado, todas menos uma. A Claro foi a única empresa a apoiar o calendário da portabilidade e agora usa isso com a campanha "Escolhas" criada pela F/Nazca. Já tinha um tempo que as campanhas da Claro não me emocionavam ou surpreendiam, desta vez mandaram bem. Junto com os comerciais lançaram o site Portabilidade e agora carregam a bandeira da liberdade e defesa dos reais direitos dos clientes.



A idéia do site é deixar o assunto portabilidade bem "claro", mas senti falta de algo mais interativo, algo que convidasse o usuário a participar dessa campanha ou comemorar tal mudança, o que foi devidamente feito pela Oi com o site "Bloqueio Não". É claro que a Oi não pôde deixar por isso e veiculou um comercial dizendo que liberdade é o desbloqueio, o resto é oportunismo.

Independente dos motivos de cada operadora, mais uma vez somos nós que temos chances de ganhar com essas guerras. Teremos maior poder de decisão entre qual serviço usar e assim forçamos uma evolução na prestação do serviço, atendimento e preços menores. Só espero que as letras miúdas da lei da portabilidade não sejam como as do desbloqueio.

De qualquer forma tal alforria só vai chegar no Rio de Janeiro no dia 14 de fevereiro de 2009. Até lá, nossos números não nos pertencem.

Acesse:

2 comentários:

Ock-Tock disse...

A briga promete esquentar mais ainda no próximo mês, desta vez, por conta de aparelhos: muita gente aposta que o iPhone será lançado oficialmente pela Claro e pela Vivo no próximo dia 26, enquanto o Android, do Google, é lançado hoje lá fora. Round 2: FIGHT!

Guto Chaves disse...

Vamos ver o que vai sobrar para os pobres mortais! rs!