sexta-feira, 3 de julho de 2009

Oi, ri da gente.

Eu sempre elogiei o serviço da Oi, poucas vezes tive que entrar em contato com o suporte e nestes momentos era ser bem atendido. Pois é, isto tudo está mudando.

Desde o dia 30 de junho até hoje o serviço está instável, tenho ficado horas sem conexão alguma e quando consigo é equivalente a de um modem de 28.8 kb - de acordo com o Speedometer da McAfee.

Isto não basta, entrei em contato com o suporte e tenho sido muito mal atendido. Abaixo um breve resumo:

1ª ligação - 16h45 - atendente: Vanessa
Eu: "Vanessa, minha conexão voltou, mas está muito lenta, pode me ajudar?"
Vanessa: "Vou estar verificando"... "O senhor pode desconectar os cabos do modem?"
Eu: "Preciso mesmo fazer isto? Não está tendo um problema na área? Não tem nada a ver com o meu modem."
Vanessa: "Sim, precisa..."

Desconectei e fiquei sem conexão alguma, por mais duas horas. Pedi que ela me ajudasse a resolver o problema e ela disse que me passaria para o suporte avançado, que poderia me retornar em até 24 hrs! Reclamei, óbvio, e ela me transferiu para qualquer outro lugar - sério, a nova atendente não sabia o que eu estava fazendo ali - e depois a ligação caiu.

2ª ligação - 17h10 - atendente: Ralph
Eu: Contei a mesma história da anterior, acrescentando o caso da perda total de conexão graças ao conselho da Vanessa.
Ralph: "O senhor pode desconectar o seu roteador WiFi e ligar no seu computador?"
Depois de me deitar no chão para fazer isto, puxar cabo dali, cabo do outro lado e tudo mais ele diz: "Senhor, está tendo uma manutenção na sua área e o prazo de retorno da estabilidade é de 2 horas..."

Ele podia ter verificado antes, não? Assim evitava do cliente ficar tendo mais trabalho e desconfigurando a sua rede local.

3ª ligação - a hora não importa mais - atendente: também não importa, a ligação caiu no meio da reclamação.

4ª ligação - hora? já dediquei muito tempo a isto, não? - atendente: não importa, eu liguei pra reclamar do atendimento e depois de ouvir toda a história o atendente falou que iria me transferir para o setor responsável - sério! Porque não me transferiu antes de ouvir tudo? Ah! A ligação caiu no meio do caminho para o setor responsável.

5ª ligação - mais tarde do que eu gostaria - atendente: Roberta. Me antendeu bem, consegui registrar a reclamação do atendimento da Vanessa e do serviço. Mas quando fui reclamar do Ralph descobri que o sistema de registro de reclamações da Oi só permite que o cliente fale de um operador a cada 24hrs. Que absurdo!

6ª ligação - deixa pra lá, sei que terá a sétima.

7ª ligação - ontem quase 23h - mesma história, manutenção na área, uma atendente simpática falou pra mim as seguintes palavras:

"O sistema está indicando que o prazo de manutenção da área é de 2 horas, mas ela está acontecendo desde o dia 30 e sendo renovada sempre."

Também completou com: "Senhor, são 394 clientes sendo afetados por esta instabilidade na sua área - mas eu não podia estar dizendo isto".

Então a Oi não permite que o operador seja sincero e transparente com o seu cliente? Não percebe que este tipo de informação, por mais feia que seja, na verdade ela tranquiliza o consumidor?

Eu não posso imaginar outra coisa além do simples fato de que todas as ligações anteriores tenha sido motivo de piada e risinhos na central de atendimento ao cliente da Oi.

Este post foi feito a uma velocidade abaixo de 28.8 kbps, mas não só por mim, outros 393 estão como eu. Assim, todos nós nos sentimos menos miseráveis e eu começo a pensar na possibilidade de migrar para a Net Virtua, dando força a este mercado patético em que um ganha com a falha do outro e não por uma boa prestação de serviço.

Acesse também:
  • Se você for um dos 394 infelizes, olha aqui o link do site da NetVirtua;
  • Quer mais argumentos para reclamar com a Oi? Olha aqui o link para o Speedometer;

Um comentário:

Eleonora disse...

Leleio, já tive esperiências bem chatas com o Velox que me fizeram cancelar o serviço (sendo que a única maneira encontrada para isso foi dizer que ia sair do país e que nunca mais pisaria aqui). Sendo que as piores experiências foram em copacabana, nos trabalhos. Não vou dizer que o Vírtua é o supra-sumo, nenhum serviço é, mas as dores de cabeça são menores, isso é fato. bjs