quinta-feira, 10 de março de 2005

Casal Unibanco responsável social

Estou realmente chocado. Após muito tempo fiz algo que não fazia, enfretei uma fila de banco. Com as graças do Internet Banking, essa tarefa sumiu da minha lista, mas por azar e descuido tive que passar por isso. Fui pagar uma conta no Unibanco.

Caros vizinhos e visitantes, o Unibanco tem uma das tarifas mais caras do mercado, se vende como o banco único, gerentes únicos e atendimento único. Possui uma política de responsabilidade social "forte" (Instituto Unibanco) e faz uma grande divulgação sobre a mesma. Agora vejam a minha história.

Fui fazer esse pagamento na agência que fica na esquina da Presidente Vargas com Uruguaiana. Ao entrar vi um banco limpo, com gerentes e caixas em baias, atendimento sentado para todos os clientes. Todos? Não, pois em todo o lugar só conseguia ler a placa Uniclass. Fui até o segurança e perguntei onde ficavam os caixas, ele respondeu que o caixa ficava na parte de cima do banco, e para entrar tinha que sair da agência, dar a volta na mesma, passar pela porta e subir a escada. Foi o que fiz.

Descobri que o segurança não estava mentindo, era o caixa, somente um. Tinha uma fila de 34 mamíferos a minha frente (sim mamíferos, na devida condição, não podíamos mais ser pessoas) e ninguém pra ajudar. Nem mesmo aqueles bons e velhos "Posso Ajudar?" que existem em qualquer outro banco. Não tinha fila preferêncial para idosos, gestantes e deficientes. Isso porque pra qualquer um desses conseguir chegar lá em cima pelo único caminho (a escadaria), seria uma sentença de morte. Com esse cenário só me restou concluir a total falta de respeito do Unibanco com os seus clientes correntistas tradicionais. Uniclass é outra história.

Estou revoltado, pois dessisti depois de aproximadamente 15 minutos de espera e ver várias pessoas se rendendo e sentando no chão sujo (naquele piso de borracha) e morrendo de calor (o ar-condicionado não dava vazão) dentro de um cenário péssimo (paredes sujas, teto sem forro, cheiro de mofo...). Agora, ao ver o casal Unibanco, só me resta lembrar que "nem sempre" a TV nos conta a verdade.

Esse fato de total falta de respeito me levantou uma nova questão. Onde está a responsabilidade social do Unibanco? Não deveria fazer parte dessa política pensar em infra-estrutura para atender seus clientes? Estar preparado para atender pessoas com dificuldades? Cuidar para que seu funcionário (a pobre caixa) tenha uma mínima condição de trabalho? De que adianta apoiar vários projetos sociais se esquece do dia-a-dia?

Como é bom ser cliente do Itau.

4 comentários:

disse...

Putz. Eu sou obrigada a ser cliente do Unibanco, só posso receber por lá. absurdo.

Mas hoje é sexta-feira, vou poupar essa instituição ridícula da minha raiva...

beijos, amor.

[comentário originalmente feito em 11.03.05 - 3:18 pm]

Mauricio Santoro disse...

Responsabilidade social de banco em geral é pegar 0,00000001% dos lucros que eles ganham especulando com a dívida pública e comprar meia dúzia de cestas básicas para os pobres.

Ironias à parte, o Brasil é referência mundial em automação bancária. Exporta a tecnologia até para a Rússia.

[comentário originalmente feito em 14.03.05 - 11:05 am]

Claudia disse...

Saí do Unibanco há 2 anos. Foi a melhor coisa que eu fiz... não que o Real seja melhor, mas pelo menos não é tão absurdamente caro.

[comentário originalmente feito em 18.03.05 - 2:36 pm]

Frank disse...

Viu? Se vc fosse cliente Uniclass não teria acontecido isto.

E o Itaú é bastante semelhante ao Unibanco...com a diferença que tem as taxas mais altas.

[comentário originalmente feito em 16.03.05 - 5:22 pm]