segunda-feira, 24 de março de 2008

Ele é todo mundo, ele é ninguém


Quando eu penso em um filme que irá contar a vida de um grande artista, penso em coisas como o que foi feito de forma genial para Ray Charles, Johnny Cash, The Doors e outros. Pensava.

A história de vida, real, imaginária, exagerada e tudo mais de Bob Dylan é apenas o pano de fundo de I'm Not There. O diretor Todd Haynes tenta construir a complexa personalidade do músico através de seis facetas extremamente diferentes interpretadas por atores tão singulares como. Marcus Carls Franklin, Ben Whishaw, Christian Bale, Heath Ledger, Cate Blanchett e Richard Gere são os diferentes Dylan que vivem em um homem.

Tudo isso ao som dos clássicos e não clássicos de Dylan e uma construção de cenas vinculadas ao som que me trouxe saudades de Pink Floyd The Wall de Alan Parker. Genial.

No fim, esse filme quebrou um paradigma meu, não desejo mais conhecer somente a história dos artistas como antes, passei a me interessar muito mais por suas personalidades.

Um comentário:

Fasa disse...

O trailer me deixou muito intrigado...

[comentário feito originalmente em 26.03.08]